ALAORPOETA

ALAORPOETA

28 dezembro 2013

EDITAL DE ANO NOVO: HUMILDADE PERANTE A NATUREZA

























Inventei atalhos no ano pretérito
descobertas incríveis do consolo
que ninguém vê mas dançam
que a noite tem medo 
do escuro por isso alerta
fecha os olhos na insônia
que o cachorro vê corações
e sorri pela ponta do rabo
mas isso todo mundo já sabe
que o homem sorri por fendas falsas
que o tempo perdido às vezes estaciona
e pede carona disfarçado
de grande amor da nossa vida
que as grandes vitórias estão sempre
para o próximo dia útil seguinte
enquanto nossos passos tropicam no gozo
efêmero da luz sem fim do túnel
mas há um cubo dourado de esperança
que enobrece a morte pessoal de cada um

Neste ano vindouro pisarei a merda
até que o herói dentro de mim
desande em vômitos de limpeza
registre-se publique-se cumpra-se

Alaor Tristante Júnior

Ilustração: pintura de Lucian Freud