ALAORPOETA

ALAORPOETA

22 fevereiro 2011

BLOGS DE POESIA


















No início, a primeira e última inspiração:
criar um blog no formato do coração:
esvoaçantes borboletas nas entrelinhas
sobre cor-de-rosa páginas escarninhas.


Amor sublime se não brotassem os cornos
por entre cabelos os eternos adornos
na procura constante da outra metade
fugindo nos fenótipos da castidade.


As borboletas azuis, verdes, amarelas...
alimentam o amor de cândidas donzelas
que se enrubescem só de pensar na trepada.


Mais um clique e lá surge outra borboleta
entre nossa bunda e o pequeno mar de água
impura permeando o bojo da privada.


Alaor Tristante Júnior