ALAORPOETA

ALAORPOETA

16 outubro 2011

CAPITALISMO
















Sonho de consumo
finalmente a casa própria
carneira à vista


alaorpoeta

2 comentários:

  1. Adorei o sentido, bem lúgubre!

    Mas Alaor, não seria "caveira à vista"?

    Abço.

    ResponderExcluir
  2. Alaor,
    grata por me passar a sua leitura do poema acima, em meu blog,o que serviu para confirmar a excelência do mesmo, uma vez que várias leituras podem ser feitas: uma carneira que se compra à vista; uma carneira à vista, como algo que se aproxima; uma caveira à vista, já dentro da gaveta. O meu humor irônico e a pressa em repassar a leitura fez com que eu pulasse logo a essa última interpretação, no entanto, uma visão mais realista, realmente comprova que o capitalismo impera até na hora de nossa morte.

    Mais uma vez parabéns!

    Abço.

    ResponderExcluir