ALAORPOETA

ALAORPOETA

11 outubro 2010

AVENTURA EXTRACONJUGAL




















Recebi o seu recado
prendi o tempo
no meu relógio quebrado
da dor fiz segredo
do pensar esquecimento
abri a porta
do imponderável
e fui ao seu encontro.


Encontrei novas paisagens
um cheiro de fruta fortuita
nunca antes lambida
tinha o regalo de Deus
nas flamas do inferno
e por alguns instantes
fui feliz eu não sei
mas na ânsia de encontrar
fui me perdendo de mim
e lembrei o velho amor.


Retornei apressado
a casa estava vazia
dentro dela apenas
meu coração inflado
escorado no portão
postei-me calado
o sentido lá fora
na trágica esperança
de avistar o passado
se dirigindo ao presente
como uma estrela de pernas
no horizonte da rua.


Alaor Tristante Júnior


Ilustração: "Amantes" - Ramón Crespo

2 comentários:

  1. Parabéns, poeta! Muito belo o seu poema.

    ResponderExcluir
  2. Como na parábola do filho pródigo.
    Gostei dos seus textos. E dos blogs...
    Parabéns, amigo.

    ResponderExcluir