ALAORPOETA

ALAORPOETA

21 setembro 2009

ADESIVO NUM CARRO













"SÓ PRÁ CRISTO"

decerto soprou
porque o carro capotou


Alaor Tristante Júnior

ilustração: imagem do Google

20 setembro 2009

FINALIDADE



Acredito
escrever
é gratuito

alaorpoeta

PASSEIO NO CALÇADÃO



Alegria do povo
o centro abriu as fronteiras
para a periferia

é povo pra todo lado
não há coisa que não queira
entusiasmado

escolhe... escolhe
compra todas as vitrines
com o poder dos olhos

contornos e passadas
antes do retorno
um caldo de cana apenas

sacola de sonhos
suponho que valeu a pena
pela caminhada.

alaorpoeta

19 setembro 2009

A HORA É AGORA...























"Quem monta um tigre
não pode apear"

vida vivê-la vida
intensamente
cada momento
é um tigre

o sentido da vida
é a própria vida
viva a vida sem medo
cada chance
cada tigre
é um gatinho

na minha vida
montei muitos tigres
sempre desmontei
covarde

fui encarado
abocanhado
pisoteado
dilacerado

sobrevivi

ainda que manco
cego de um olho
e vesgo

hoje...
não há mais tigres
não se importam comigo
sumiram todos

não tenho mais forças para montá-los
ah! se eu não tivesse apeado!

Tigre, onde está
que não aparece?

Alaor Tristante Júnior



Ilustração: "Worn out" (1882) - Vincent Van Gogh

17 setembro 2009

NÁUFRAGO...















Um sonho findo
um sonho vindo
não sei se rio
se é um córrego
vai recobrindo
estes meus olhos

pondo-me cego
quase sem lágrimas
tonto me entrego
refém das águas
cada suspiro
cada braçada
não sei se rio
se é um córrego
vai recobrindo
estes meus olhos

serão meus risos
ou minhas mágoas
nas correntezas
do sem saída
ou nas tristezas
do sem chegada
serão meus risos
ou minhas mágoas
nas incertezas
das gargalhadas

um sonho findo
um sonho vindo
não sei se rio
se é um córrego
vai recobrindo
estes meus olhos...

Alaor Tristante Júnior



Ilustração: "Nufrágio" (1805) - Willian Turner

12 setembro 2009

AMOR GOZADO!
























Olha a prostituta
sempre seminua
que se diz matreira
faz ponto na rua
se dá por inteira
a todos que queiram
fungar o seu cheiro
por pouco dinheiro
por muita besteira:
- Posso até gozar!
Enquanto labuta
na beira da cama
no fundo do mato
em banco de carro:
- Posso até sonhar!
Não é muito linda
mas dá boas-vindas
a todos que passam
aos que a entrelaçam
aos que a escorraçam
sobe um triz a saia
mostra sua coxa
convida à gandaia
a cópula ensaia
e numa voz chocha:
- Posso até voar!
Chiclete na boca
camisa na bolsa
se diz muito louca
perversa do mundo
no mundo perdida
mas quando da transa
aí que desanda
se desfaz da franja
rebenta a miçanga
e mostra sua arte
que até já matou
um freguês de enfarte:
- Sou capaz de amar!

Alaor Tristante Júnior



Ilustração: "Prostituta" (1986) - Emmanuel Nery

CAMINHADA NA AVENIDA



O homem perdeu as pernas
o mundo pertence aos carros
os pirilampos metálicos


rumo à extinção
alienígena da rua
pedestre sem prumo


farol apagado
entre milhões de veículos
andar solitário.

Alaor Tristante Júnior




11 setembro 2009

O QUE É A VIDA?


















A vida é fogo
se o bombeiro aparecer
diga não estou



comentário de uma colega:


A vida é fogo
dependendo do bombeiro
eu digo me apaga


Alaor Tristante Júnior


Ilustração: "O incêncio do parlamento" (1835) - Willian Turner 

10 setembro 2009

NA HORA H



















Ora... ora... o amor
perdoem-me os românticos
meu sexo é selvagem

Alaor Tristante Júnior



Ilustração: Pintura de Sara Maia

09 setembro 2009

SOBRE A AMIZADE COM MULHERES



Minha vida revela
a única amiga que tive
num lapso comi ela

erro de gramática?
na vida mais vale a prática
comi até a costela

era muito gostosa
pedi bis... three... four
casei-me com ela

a partir de então
amigas nunca mais
pra não ter congestão.

Alaor Tristante Júnior

08 setembro 2009

07 setembro 2009

É PROIBIDO FALAR COM O MOTORISTA




















O jeito é gritar
ladrar em silêncio
pedir com os olhos
uivar com as mãos.

A boca calada
bocejar quem sabe
o chofer é sério
etéreo... etílico.

Além e aquém
existe um destino
um mundo de sonhos
estrada de gente.

Podemos rezar
o bolso agitar
de nada adianta
a marcha é constante.

No ônibus da vida
ninguém sabe a hora
o passageiro ideal
desce no ponto final.

Alaor Tristante Júnior



Ilustração: pintura de Michelângelo

SURPRESA NO VELÓRIO!













Por um instante o morto se levantou
e espantosamente disse para todo mundo:
- Minha gente, não existe outro mundo!

Após o assombro quiseram saber detalhes
mas o morto se abaixou novamente
e sem mais palavras dormiu eternamente.

Alaor Tristante Júnior



Ilustração: "Cristo morto" (1521) - Hans Holbein

06 setembro 2009

TRANSMUTAÇÃO!




























"Tudo passa e nada fica"
já dizia o filósofo Heráclito
um sorriso eternidade não significa
pois nada por inteiro se calcifica.

É um sonho destruído e morto
outro sonho arquitetado e vivo
ao contrário do que se diz absorto
nada que nasce torto morre torto.

O tempo passa e tudo se modifica
tudo o que hoje é firme como rocha
amanhã se derrete se apaga como tocha.

Nada é eterno neste mundo fantasia
onde vemos coisas que não existem
onde existem coisas que não vemos.

Alaor Tristante Júnior



Ilustração: pintura de Salvador Dali (1928)

04 setembro 2009

INSÔNIA




















Triste manhã
o dia brigou com a noite
ficou no escuro

Alaor Tristante Júnior



Ilustração: "Os comedores de batatas" - Vincent Van Gogh

03 setembro 2009

POÇA D'ÁGUA

















Sou água parada
na estrada da vida
mas se eu pudesse
estaria voando...

O sol me castiga
ardente me chupa
bem perto do fim
a chuva me irriga.

Tornei-me cansada
a bem da verdade
queria ser levada
por uma enxurrada.

Perder-me de mim
em outros caminhos
quem sabe meu sonho
ser um passarinho...

Alaor Tristante Júnior



Ilustração: "Pássaro da Liberdade" (1975) - Clarice Lispector

INTEMPESTIVO





















Cruzei o sinal
pintei e bordei o sete
caminho sem breque

Alaor Tristante Júnior



Ilustração: "A noite estrelada" - Vincent Van Gogh

02 setembro 2009

CRÍTICA
























Falou-me um crítico:
- Seu verso é bom,
mas falta dinamite!

Zás! Plaft! Plic! Bum!
Catapimba!
Explodi tudo.

Alaor Tristante Júnior



Ilustração: pintura de Salvador Dali

EXERCÍCIO DE HUMILDADE





















Na vida
já fui chato.

Hoje,
sou redondo.

Caí do palco
saí rolando...

Alaor Tristante Júnior



Ilustração: pintura de J. Segrelles

01 setembro 2009

CARRO...
















As pernas pedem passagem
o coração sofre calado
mas o homem vai de carro
como rei em seu reinado

o filho reclama carinho
os livros dormem na estante
mas o homem lava o carro
como quem lava o amante

há uma união tão perfeita
que já não se sabe mais
quem é o homem quem é o carro

o homem vai de carro
até no dia da morte
o homem vai de carro...

Alaor Tristante Júnior