ALAORPOETA

ALAORPOETA

01 setembro 2009

CARRO...
















As pernas pedem passagem
o coração sofre calado
mas o homem vai de carro
como rei em seu reinado

o filho reclama carinho
os livros dormem na estante
mas o homem lava o carro
como quem lava o amante

há uma união tão perfeita
que já não se sabe mais
quem é o homem quem é o carro

o homem vai de carro
até no dia da morte
o homem vai de carro...

Alaor Tristante Júnior

5 comentários:

  1. Adorei tio... Como sempre vc arraso! bjooo

    ResponderExcluir
  2. tem homem lavando a televisao, o footbool, e tantas coisas, bem colocado sua posiçao do carro. parabens

    ResponderExcluir
  3. Sempre terei um tempo para visitar os recantos dos amigos e amigas e apreciar seus trabalhos.
    Nos seus escritos encontrei bastante sensibilidade, arte e sabedoria. Parabéns e continue nos presenteando com o seu estilo gostoso de ler.
    Abraços
    Sá de Freitas

    ResponderExcluir
  4. Fecha a torneira d'água,
    Abre a porta do carro
    e vamos passear.

    ResponderExcluir
  5. "até no dia da morte o homem vai de carro". Como você foi cruel, Alaor!! Atropelou o carro! Pobre, será sucata.

    ResponderExcluir