ALAORPOETA

ALAORPOETA

25 agosto 2009

MUNDO ANIMAL





















Sou um bicho-homem
sou um homem-bicho
da razão que se contradiz
e do animal que é feliz.

Não posso vislumbrar
um par de belas coxas
dois bicos de seios lindos
                               um bicho-mulher
                               uma mulher-bicho
              que incontinente
              mostro quem sou
                                             realmente
              um bicho-homem
                                    um homem-bicho.

Meu latim cai por terra
minha voz vocifera e berra
meu diploma vira esperma...
                 o sangue pula e ferve
                 os olhos alumiam
minha razão fica cega
o instinto me domina...
no império da vagina
sou Napoleão... sou verme
numa dor que não sossega.

Sou um bicho-homem
sou um homem-bicho
da razão que se contradiz
e do animal que é feliz.

Alaor Tristante Júnior



Ilustração: caricatura de Charles Darwin (1871)

Um comentário:

  1. Belo texto.... Temos que sublimar nossa animalidade para podermos caminhar verticalmente... Amém!!!

    ResponderExcluir