ALAORPOETA

ALAORPOETA

27 agosto 2009

CONGRUÊNCIAS


























Nunca ninguém está totalmente bem
nunca ninguém está totalmente mal
há de estar sempre relativamente bem
há de estar sempre relativamente mal

casar é incompreensível
celibatar é não ter gosto
ter filhos é tão possível
que não tê-los é um desgosto

até um fraco suspiro
na mais absurda ilusão
doença causada por vírus

é melhor que a solidão
como é difícil viver a dois
como é impossível viver só.

Alaor Tristante Júnior



Ilustração: pintura de Rodolfo Barral

Nenhum comentário:

Postar um comentário